Home / Região dos Lagos / Secretaria de Ordem Pública de Iguaba Grande realizar Operação Corona-Blitz

Secretaria de Ordem Pública de Iguaba Grande realizar Operação Corona-Blitz

Fotos Divulgação

Ação
educativa teve o objetivo de informação sobre a importância do uso da máscara e
do distanciamento social
A Secretaria
Municipal de Segurança e Ordem Pública de Iguaba Grande realizou nesta
quinta-feira (21) o primeiro dia da Operação Corona-Blitz, que contou com apoio
da Secretaria de Saúde. O objetivo da ação, segundo o subsecretário Agnaldo
Martins, foi de conscientizar a população da importância de seguir corretamente
as medidas necessárias para a prevenção do Covid-19, como a utilização de
máscara e uso do álcool gel.
“Nas
fiscalizações que temos feito em toda a cidade notamos que muitas pessoas estão
usando máscara, mas da forma errada: alguns usam debaixo do queixo, outros usam
apenas na boca… Também percebemos que não estão respeitando as medidas de
distanciamento nas filas de bancos e lotéricas. E ao fazer a abordagem,
constatamos que o problema está na falta informação: há um desconhecimento da
forma correta de fazer a prevenção. Por mais que a Prefeitura esteja fazendo
uma ação nas redes sociais oficiais, vimos a necessidade de levar a
conscientização também para as ruas, e foi o que fizemos hoje com a
Corona-Blitz, através da nossa equipe da Guarda Municipal: uma ação educativa,
com distribuição de folhetos produzidos pela Secretaria de Saúde, ensinando a
forma correta de usar a máscara, e também sobre as medidas de distanciamento”,
explicou Agnaldo.
No município, o
Decreto Municipal Nº 1899 de 24 de abril de 2020 torna obrigatório o uso de
máscaras em todas as vias públicas da cidade. Por isso, quem era flagrado sem o
uso do objeto de proteção, recebia um durante a blitz. Para reforçar a ação, a
Guarda Municipal de Iguaba Grande também demarcou nas calçadas do entorno de bancos
e lotéricas a medida de 2 metros de distanciamento entre cada pessoa. Cadeiras
também foram colocadas, distantes umas das outras, para utilização de quem tem
prioridade no atendimento como idosos e gestantes. “A informação é uma arma
muito importante nessa luta contra o coronavírus. Acredito que com essas ações
conseguiremos mobilizar mais as pessoas”, concluiu.

Fonte: Rio das Ostras Jornal

Origem.