Home / Região dos Lagos / ‘Bolsonaristas fascistoides’, diz Celso de Mello sobre homens presos

‘Bolsonaristas fascistoides’, diz Celso de Mello sobre homens presos

Imagem: Sérgio Lima/Poder360

“Bolsonaristas
fascistoides, além de covardes e ignorantes”, disse o ministro do STF.
O ministro do
Supremo Tribunal Federal (STF), Celso de Mello,
teceu duras críticas contra dois homens que foram presos, nesta quinta-feira (21),
por ameaçar de morte juízes, promotores e procuradores do Distrito Federal.
Um e-mail disparado¹ a membros do Tribunal
de Justiça do DF e Territórios dizia:
“O Brasil
chegou a um ponto onde não é mais possível resolver os problemas através da
razão e do bom senso. Por esse motivo, a partir de agora, serão resolvidos
através da execução do Estado de Sítio.”
Ao comentar
sobre a questão, Celso de Mello disse² que os autores das ameaças revelam “a sua
face criminosa, própria de quem abomina a liberdade e ultraja os signos da
democracia”. 
“Bolsonaristas
fascistoides, além de covardes e ignorantes”, acrescentou³ o magistrado.
Celso é o
relator do inquérito que investiga as acusações levantadas pelo ex-ministro da
Justiça, Sérgio Moro,
de que o presidente da República, Jair Bolsonaro,
tentou interferir politicamente na Polícia Federal (PF).
Referências: [1][2][3]
RENOVA Mídia

Fonte: Rio das Ostras Jornal

Origem.