Home / Região dos Lagos / Bem-Estar de Rio das Ostras amplia ação para proteger pessoas em situação de rua contra o novo coronavírus

Bem-Estar de Rio das Ostras amplia ação para proteger pessoas em situação de rua contra o novo coronavírus

Fotos Claudio Pacheco

Equipes
fizeram rondas em 16 locais para levar informações sobre a pandemia do Covid-19
e oferecer abrigo na Casa do Sorriso
A Prefeitura de
Rio das Ostras, por meio da Secretaria de Bem-Estar Social, criou um protocolo
para a realização de ações específicas para o enfrentamento do Covid-19
destinado à população em situação de rua, publicado em Jornal Oficial.
A equipe
técnica do Centro de Referência Especializado (Creas) de Rio das Ostras, por
meio do Serviço de Abordagem Social diurna e noturna, durante todo ano já
promove ações em diversos pontos do Município com as pessoas em situação de
rua. Com a chegada da pandemia do coronavírus, esse trabalho foi ampliado numa
união entre as secretarias de Bem-Estar Social e Saúde.
O objetivo do
trabalho emergencial está sendo orientar esse público sobre  a pandemia no
Brasil e no mundo e os cuidados de higiene necessários, além de outras regras
de proteção ao contágio com o Covid-19. A equipe também orientou essas pessoas
e realizou os encaminhamentos necessários, de acordo com as demandas
identificadas durante a abordagem.
Também foram
ampliadas as vagas para acolhimento na Casa do Sorriso para que possam cumprir a
quarentena de forma mais segura possível, como orienta a Organização Mundial de
Saúde, o Ministério da Saúde e a Administração Municipal, que tomou medidas por
meio de decretos.
A ação
aconteceu após uma reunião entre as secretarias de Bem-Estar Social, Segurança
e Saúde, além de voluntários da sociedade civil. A equipe, que percorre os
locais com o apoio do Grupamento de Operações Especiais (Goe), já passou por 16
pontos entre comércios, praças e outros espaços públicos.
CASA DO
SORRISO – 
A Casa do Sorriso é uma unidade mantida pela Prefeitura de
Rio das Ostras por meio da Secretaria de Bem-Estar Social com a finalidade de
acolher moradores de rua, oferecendo abrigo como uma espécie de albergue onde
fazem pernoite, podendo tomar banho e se alimentar com café da manhã e jantar.
Atualmente, o espaço atende 28 pessoas.
O local possui
cinco quartos, cozinha, três banheiros, salas de administração e reunião e área
externa com jardim. A manutenção da alimentação acontece com as parcerias de
instituições religiosas e grupos de iniciativa civil.

Fonte: Rio das Ostras Jornal

Origem.