Home / Noroeste Fluminense / Treze celulares e dois chips, podem justificar o estrondoso silencio de Bolsonaro sobre a morte de Adriano da Nóbrega

Treze celulares e dois chips, podem justificar o estrondoso silencio de Bolsonaro sobre a morte de Adriano da Nóbrega

Ao que
parece, Witzel prendeu o rabo do presidente e do filho senador com as
apreensões e interrogatórios em território baiano

Se o
ex-chefe do escritório do crime sabia que era um arquivo vivo a ser eliminado,
e pelo treinamento de estratégia de guerra e combate que ele recebeu, ele sem
dúvidas que deixou informações bombásticas que fez dele o arquivo-vivo, com
terceiros para serem

Fonte: Blog do Frederico Sueth

Origem.