Home / Noroeste Fluminense / Assembleia decide pelo fim da greve dos profissionais da saúde de Campos, no RJ

Assembleia decide pelo fim da greve dos profissionais da saúde de Campos, no RJ

Reunião que pôs fim à paralisação de 23 dias foi realizada nesta sexta-feira (30). Assembleia decidiu por fim da greve dos profissionais da saúde de Campos
Uma assembleia dos profissionais da Saúde de Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense, realizada nesta sexta-feira (30) decidiu, por unanimidade, encerrar a greve da categoria, que já durava 23 dias.
De acordo com a Prefeitura, na quinta (29), o prefeito Rafael Diniz apresentou uma proposta para os grevistas em uma reunião com o secretário municipal de Saúde, Abdu Neme, e com representantes do Sindicato dos Médicos de Campos (Simec) e do Conselho Regional de Medicina do Rio de Janeiro (Cremerj).
Entre alguns pontos que serão atendidos, segundo a Prefeitura, estão:
Abono das faltas da greve com reposição
Regularização do pagamento (sendo que, de acordo com o município, a folha salarial foi paga nesta sexta)
Pagamento dos 50% restantes das gratificações
Substituições com possibilidade para pagamento na próxima Participação Especial
Manutenção de férias sem custo para o município, com análises pontuais
Conjugação de produção com ponto biométrico para aqueles profissionais que atuam em ambulatórios.
O secretário de Saúde afirmou que a negociação foi pautada no bom senso.
“Tivemos uma reunião onde discutimos as demandas e, com bom senso de todos, chegamos a uma posição para que a população não seja prejudicada. Vale destacar o respeito mútuo de todos que participaram da negociação e agradeço aos profissionais da saúde e ao prefeito Rafael Diniz, por causa da manutenção do diálogo”, disse Abdu Neme.
Veja mais notícias da região no G1 Norte Fluminense.

Fonte: G1 (Noroeste Fluminense)

Origem.