Home / Noroeste Fluminense / Aluno de Campos, RJ, é medalhista de ouro na Olimpíada do Conhecimento

Aluno de Campos, RJ, é medalhista de ouro na Olimpíada do Conhecimento


Objetivo da olimpíada é descobrir talentos e formar profissionais em nível de excelência. Os vencedores foram premiados na última sexta-feira (19) no Rio de Janeiro
Divulgação/Firjan
A etapa estadual do maior torneio de educação profissional da América Latina, a Olimpíada do Conhecimento, chegou ao fim e premiou 45 alunos de diversas cidades do Rio de Janeiro. Entre eles está um estudante de Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense, Daniel Rangel Rosário, que conquistou a medalha de ouro na ocupação Eletricidade Industrial.
No total, 350 alunos de 27 unidades do Senai do estado do Rio competiram. O objetivo da Olimpíada do Conhecimento é descobrir talentos e formar profissionais em nível de excelência.
Os vencedores foram premiados na última sexta-feira (19) no Rio de Janeiro. Agora, os mais bem avaliados dessa etapa poderão passar por um processo de desenvolvimento e ampliação das competências profissionais e podem vir a representar o estado na Seletiva WorldSkills (nacional), que permite aos competidores chegarem ao WorldSkills, a maior competição de educação profissional do mundo.
Competição é composta de cinco etapas: escolar, regional, estadual, seletiva para a WorldSkills (antiga fase nacional) e WorldSkills (mundial)
Divulgação/Firjan
A competição
A competição é composta de cinco etapas: escolar, regional, estadual, seletiva para a WorldSkills (antiga fase nacional) e WorldSkills (mundial). Em cada uma delas, os alunos realizaram provas nas quais precisaram mobilizar conhecimentos, habilidades e atitudes para superar desafios em sua área de formação, dentro de prazos e padrões de qualidade e produtividade requeridos pelo mercado de trabalho.
As 15 ocupações profissionais que integram esta edição estão alinhadas com a demanda do mercado industrial do estado do Rio e com o histórico da formação profissional da Firjan SENAI nos últimos anos.
São elas: comunicação visual, costureiro industrial do vestuário, modelista, construção em alvenaria, eletricidade predial, eletricidade industrial, construção em estruturas metálicas, mecânica de usinagem, mecânica de manutenção, soldagem ER, soldagem MAG, logística, caldeiraria, instrumentação e panificação. Para participar, o estudante não pode ter mais de 21 anos em 2020.
“Aperfeiçoamos os processos envolvidos na formação profissional, relacionados aos planos de cursos, infraestrutura, capacitação de instrutores, situações de aprendizagem e sistemática de avaliação, objetivando garantir uma formação em nível de excelência”, explica Edson Melo, gerente de Educação Profissional da Federação.
Em agosto, acontece a WorldSkills, na Rússia, com os alunos que começaram a competir a seletiva em 2017. Um deles é outro aluno de Campos, Ralph Crespo, que vai representar o Brasil na ocupação soldagem.
Veja outras notícias da região no G1 Norte Fluminense.

Fonte: G1 (Noroeste Fluminense)

Origem.