Home / Noroeste Fluminense / Recadastramento para transporte universitário de Macaé, RJ, começa nesta segunda

Recadastramento para transporte universitário de Macaé, RJ, começa nesta segunda


Universitários que moram na cidade e estudam em Campos, Rio das Ostras, Niterói e Rio de Janeiro e usam o serviço têm até dia 30 de julho para regularizar o benefício. Recadastramento para transporte universitário de Macaé começa nesta segunda (15)
João Barreto / Prefeitura de Macaé
O prazo de recadastramento para o Transporte Social Universitário (TSU) de Macaé, no interior do Rio, começa nesta segunda-feira (15). Os universitários que moram na cidade e estudam em Campos dos Goytacazes, Rio das Ostras, Niterói e Rio de Janeiro e usam o serviço têm até dia 30 de julho para regularizar o benefício.
O recadastramento deve ser feito na secretaria de Educação, que fica na rua Vereador Djalma Sales, 591, no Novo Botafogo, de segunda a sexta, das 9h às 16h30.
Segundo a Prefeitura, 600 universitários são esperados para fazer o recadastro.
A Prefeitura informou que o processo pode ser feito pelo estudante ou alguém com uma procuração em nome do interessado. Caso o estudante seja menor de idade, ele deve estar acompanhado do responsável.
É necessário levar os seguintes documentos:
Declaração de matrícula original carimbada e assinada ou autenticada eletronicamente referente ao segundo semestre de 2019;
Carteira de identidade (cópia e original);
CPF (cópia e original);
Carteira de usuário do TSU (cópia e original);
Comprovante de residência de Macaé – que pode ser conta de telefone fixo, água, luz ou gás – caso tenha ocorrido mudança de endereço (cópia e original).
A Prefeitura ressaltou que as cópias dos documentos deverão ser apresentadas em um documento por folha.
O programa cumpre a Lei 2882/2007 que determina que o município ofereça transporte universitário para moradores que estudam fora da cidade em cursos que não são oferecidos pelas faculdades do local.
Veja mais notícias da região no G1 Região dos Lagos e Norte Fluminense.

Fonte: G1 (Noroeste Fluminense)

Origem.