Home / Noroeste Fluminense / Comissão vai analisar meios para manter UFRRJ em funcionamento em Campos, no RJ

Comissão vai analisar meios para manter UFRRJ em funcionamento em Campos, no RJ


Área foi doada na década de 70 por uma antiga usina, mas o grupo que comprou a usina quer retomar o espaço. Depois de várias decisões judiciais a favor dos empresários, a universidade pode ser despejada
Divulgação/UFRRJ
Uma comissão instituída pela Prefeitura de Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense, vai analisar meios para manter em funcionamento o campus da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ) na cidade.
A área foi doada na década de 70 pela antiga Usina São José, mas o grupo que comprou a usina quer retomar o espaço. Depois de várias decisões judiciais a favor dos empresários, a universidade pode ser despejada.
“Campos é um celeiro de universidades de ponta que há anos promovem conhecimento, desenvolvem pesquisas e apontam os rumos que devemos seguir. E a Universidade Rural, além de tradicional, é importantíssima para o nosso município e também para a região. Estamos analisando todas as possibilidades, dialogando com as partes envolvidas para que os direitos de ambos sejam respeitados, de acordo com a lei, e o interesse coletivo seja preservado”, frisou o prefeito Rafael Diniz (PPS).
UFRRJ de Campos corre riscos de perder sua sede
A UFRRJ é responsável por importantes estudos em Campos, que auxiliam a produção agrícola em todo o estado, em especial a de cana-de-açúcar.
No campus há laboratórios onde são desenvolvidas dezenas de pesquisas, como por exemplo, a que utiliza insetos para controle de pragas que devastam plantações e direciona produtores em todo o estado do Rio de Janeiro.
A direção da UFRRJ está negociando com instituições de ensino, autoridades locais e com os próprios donos do terreno um acordo para conseguir manter as pesquisas na região.
Veja outras notícias da região no G1 Norte Fluminense.

Fonte: G1 (Noroeste Fluminense)

Origem.