Home / Região dos Lagos / Suspeito de importunação sexual no RJ é ouvido e liberado pela polícia: ‘responderá por crime de menor potencial ofensivo’

Suspeito de importunação sexual no RJ é ouvido e liberado pela polícia: ‘responderá por crime de menor potencial ofensivo’


Polícia trata caso como ‘ato obsceno’. Ele foi localizado na tarde desta segunda-feira (15), depois que pessoas o fotografaram em uma agência bancária e postaram as imagens nas redes sociais. Suspeito de abuso sexual é surpreendido por reação de lutadora de MMA em Cabo Frio, no RJ
Suellen Alva/arquivo pessoal
O homem de 27 anos suspeito de importunação sexual contra duas mulheres na praia das Dunas, em Cabo Frio, na Região dos Lagos do Rio, foi ouvido e liberado na tarde desta segunda-feira (15). Segundo a Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam), ele “responderá por ato obsceno, crime de menor potencial ofensivo”.
De acordo com a Polícia Militar, o homem foi detido enquanto estava em uma agência bancária. Ele foi reconhecido e teve fotos publicadas nas redes sociais. Os agentes usaram as postagens para localizá-lo.
“Ele não reagiu e não tinha mandado de prisão, foi ouvido e liberado”, afirma a PM.
O G1 questionou a Polícia Civil sobre o que o suspeito disse em depoimento, se houve também crime de lesão corporal contra a vítima e aguarda o retorno.
Relembre o caso
Lutadora e fotógrafa foram surpreendidas na segunda-feira (8) na Praia das Dunas, em Cabo Frio, no RJ
Foto: Suellen Alva/arquivo pessoal
A lutadora de MMA Joice Vieira e a fotógrafa Suellen Alva foram surpreendidas pelo homem se masturbando na segunda-feira (8), na praia das Dunas, em Cabo Frio. As vítimas contaram que estavam fazendo um ensaio fotográfico no local.
A fotógrafa disse que estava distraída vendo o resultado das fotos, com Joice ao seu lado, quando elas se depararam com o homem se masturbando.
“Quando eu olhei, o homem estava bem próximo da gente, a menos de 2 metros, se masturbando e fazendo gestos e gemidos. Ele estava fazendo isso friamente. Eu fiquei pasma, a Joice falou pra ele guardar e ele disse ‘Não gostou não? Vem cá que eu vou te mostrar mais'”, contou Suellen.
Suellen revelou que o homem foi tentando se aproximar mais e não se intimidou.
“Ou ele ia ejacular na gente ou ia nos tocar”, afirmou.
Joice reagiu e tentou imobilizar o homem que conseguiu fugir.
Veja outras notícias da região no G1 Região dos Lagos.

Fonte: G1 (Região dos Lagos)

Origem.