Home / Região dos Lagos / Audiência de acusado de espancar mulher por causa de bicicleta é adiada em Cabo Frio, no RJ

Audiência de acusado de espancar mulher por causa de bicicleta é adiada em Cabo Frio, no RJ

Processo estava no Juizado Adjunto Criminal, que é para crimes de menor potencial ofensivo, mas agora vai ser apreciado pela Vara Criminal. Audiência estava marcada para a tarde desta quinta-feira (6) no fórum de Cabo Frio
A audiência de instrução e julgamento com Leonardo Nogueira, acusado de espancar uma mulher de 54 anos após um desentendimento por causa de uma bicicleta, foi adiada pela Justiça. A audiência estava marcada para a tarde desta quinta-feira (6) no fórum de Cabo Frio, nas Região dos Lagos do Rio, e a nova data ainda não foi definida.
O processo estava no Juizado Adjunto Criminal, que é para crimes de menor potencial ofensivo, mas agora vai ser apreciado pela Vara Criminal porque a acusação apresentou novas provas de que as lesões causadas na vítima foram graves.
Com a mudança, o homem pode pegar de um a cinco anos de prisão se for condenado.
Segundo o assistente de acusação Kayser Ambrogi, foram apresentadas provas de que a acusação de lesão corporal culposa, que resulta em até um ano de prisão, em caso de condenação, era “branda”.
Uma das novas provas apresentadas para o agravamento da acusação foi o laudo de que a vítima fez tratamento por um ano para deslocamento de retina por causa dos socos e pontapés que levou.
A reportagem tentou contato com o réu, mas ele não atendeu as ligações e nem respondeu as mensagens.
Vídeo flagra agressão contra mulher em condomínio em Cabo Frio/RJ
O caso
Imagens do circuito interno de segurança em um condomínio de Cabo Frio flagraram o momento em que um homem espancou Yara Pontes na noite de 12 de outubro de 2016. Segundo a polícia, o desentendimento entre eles foi por causa de uma bicicleta. As imagens mostram a mulher indo falar com o vizinho. Em seguida ele a empurra, dá vários socos e a joga no chão.
Segundo a versão da vítima, na ocasião, o vizinho teria reclamado do local onde ele colocou uma bicicleta, presa em uma grade na área comum aos moradores do condomínio. Quando ela foi até o vizinho falar sobre o assunto, o homem, em fúria, partiu para cima dela com as agressões.

Fonte: G1 (Região dos Lagos)

Origem.