Home / Região dos Lagos / Conheça as propostas de Dr. Fábio Simões (PP), candidato a prefeito na eleição suplementar de Rio das Ostras

Conheça as propostas de Dr. Fábio Simões (PP), candidato a prefeito na eleição suplementar de Rio das Ostras


Decisão nas urnas será dia 24 de junho, domingo.
Os eleitores de Rio das Ostras (RJ) vão às urnas no dia 24 de junho para escolher o novo prefeito em uma eleição suplementar. O G1 entrevistou todos candidatos. Os critérios para a participação foram pré-estabelecidos e aceitos pelos concorrentes, com o objetivo de oferecer o mesmo espaço para cada resposta. Entre os candidatos está o Dr. Fábio Simões (PP). Confira as propostas do candidato abaixo.
1 – Para o candidato, quais são os principais problemas enfrentados pelos moradores de Rio das Ostras, e que tipo de intervenção prática será feita para solucionar essas questões? O candidato tem 1.200 caracteres para a resposta.
Primeiro é preciso ressaltar que tudo que estiver funcionando, vamos aproveitar, por uma questão de bom senso e economia. Em Rio das Ostras é importante resolver questões que devolvam os índices de qualidade de vida alcançados no passado. Isso significar repensar um novo modelo de segurança, que aumente a sensação de proteção ao cidadão. Um outro ponto importante é reavaliar o sistema de saúde e monitorar a prestação do serviço, para manter a qualidade e eficiência em todas as unidades. A ampliação da rede do sistema de água, assim como a de esgoto, dependem de uma avaliação da capacidade instalada . No campo da infraestrutura, o asfaltamento de ruas é uma urgência que não pode mais esperar. É preciso criar novas alternativas para criar oportunidade de emprego, um problema que afeta grande parte da população atualmente.
2 – Cite as primeiras ações à frente da Prefeitura, a finalidade delas e até quando pretende executar cada uma? O candidato tem 1.000 caracteres para a resposta.
Mesmo tendo noção da complexidade da estrutura administrativa, do ponto de vista governamental, discorreremos prioritariamente sobre as área de Saúde, Educação, Segurança, Infraestrutura e desenvolvimento socioeconômico. Farei isso de forma integrada a partir do primeiro mês da gestão. Participação será a marca da nossa gestão, pois acredito que reunir comunidade, gestores, equipe de trabalho da prefeitura e representantes legais da Câmara Municipais é primordial para que possamos administrar com êxito e garantir os direitos essenciais dos cidadãos riostrenses.
3 – Como o prefeito deve agir para resgatar a credibilidade na política brasileira a partir do trabalho numa Prefeitura? O candidato tem 1.000 caracteres para a resposta.
Os municípios são importantes nesse processo de resgate da soberania, porque podem colocar na ordem do dia boas práticas, num universo populacional menor. A prefeitura é quase uma vizinha, o que facilita a participação popular. É claro que isso só funciona, se o gestor tiver um compromisso com a ética e a verdade. Eu prego a transparência total e a administração compartilhada.
4 – Deixe suas considerações finais e mensagem aos eleitores? O candidato tem 700 caracteres para a resposta.
Existe uma relação de problemas apontada por estatísticas, que leva em consideração dados baseados em quantidade. Identificar as grandes questões, canalizar investimentos e buscar soluções, sinalizam que o gestor conhece a cidade e está no caminho certo. A armadilha por trás dessa maneira de enxergar as pessoas e seus problemas é o risco de colocar em segundo plano uma parcela menor da população, que sofre com problemas menos visíveis, mas que podem causar danos severos. Eu pretendo conciliar ações que atendam os grandes pleitos, sem virar as costas para aqueles que não conseguem colocar seus problemas nessa lista que dita prioridades para os governos.

Fonte: G1 (Região dos Lagos)

Origem.