Home / Noroeste Fluminense / Lagoa de Cima transborda e deixa região alagada em Campos, no RJ

Lagoa de Cima transborda e deixa região alagada em Campos, no RJ


Defesa Civil informou que tem buscado identificar pessoas isoladas na região para prestar os atendimentos necessários. Transbordo causou transtornos na região de Lagoa de Cima
A Lagoa de Cima, em Campos dos Goyatacazes, no Norte Fluminense, transbordou após a chuva intensa que atingiu a cidade nos últimos dias. O transbordo da lagoa alagou estradas e imóveis da região. Segundo a Defesa Civil, o órgão está buscando identificar pessoas isoladas para prestar os atendimentos necessários.
De acordo com o coordenador da Defesa Civil, major Edison Pessanha, o nível na Lagoa de Cima está próximo do teto máximo e a água que ocupou pastos e áreas de plantio deve baixar nos próximos dias, mas será um processo lento.
Ainda segundo o coordenador, a previsão é de que não chova com intensidade nos próximos quatro dias, o que vai ajudar na melhoria das estradas da região.
O Rio Ururaí, que assim como a Lagoa Feia recebe a água da cabeceira do Imbé, também já transbordou e deixou quatro família estão desalojadas.
Uma equipe da Inter TV percorreu de lancha parte da área alagada e mostrou no RJ Inter TV 1ª Edição o nível que a água chegou na região. Alguns moradores não conseguem sair de casa e estão isolados.
Lagoa de Cima transbordou após a chuva intensa em Campos
Fernanda Lisboa/Inter TV
A Secretaria de Infraestrutura e Mobilidade Urbana informou que enviou maquinários à estrada de acesso a Lagoa de Cima nesta segunda-feira (12) e os trabalhos prosseguiram nesta terça (13), para identificação dos pontos onde houve queda de barreiras, a fim de providenciar limpeza e acesso dos demais veículos.
O maquinário enviado segue por uma via alternativa, através da Estrada do Donato, para executar as intervenções.
Estradas e imóveis ficaram alagados na região
Fernanda Lisboa/Inter TV

Fonte: G1 (Noroeste Fluminense)

Origem.