Home / Região dos Lagos / NOTÍCIA & OPINIÃO

NOTÍCIA & OPINIÃO

MARQUINHO_MENDES7

Marquinhos: sucessão de multas.

A sucessão de multas recebidas pelo prefeito Marquinhos Mendes (MDB) são de perder de vista. O prefeito não anda em fase boa, até mesmo o seu sorriso fácil anda sumido. Cabo Frio precisa com urgência de uma agenda de boas notícias.

Sinônimo de desgoverno.

Está difícil para Marquinhos Mendes (MDB) ter uma agenda de boas notícias quando a administração é sinônimo de desgoverno. Uma época em que a água virou questão estratégica, a prefeitura vai bancar o absurdo que é o “piscinão de alair”: o governo precisa se encontrar.

“Fogo amigo”.

Para se eleger prefeito de Cabo Frio, Marquinhos Mendes (MDB) fatiou o governo e o resultado é o desgoverno em que sua administração se tornou. O “Escândalo da Comsercaf” tem todo o aroma do chamado “fogo amigo”, muito pior que a oposição.

Baixada? Presente!

Nesse processo de fatiar a administração pública cresce a influência de amplos setores empresariais e da política, na Baixada Fluminense. O governo de Marquinhos Mendes (MDB) ampliou e aprofundou a relação que Alair Corrêa (Progressistas) tinha com a região.

Para que servem os “verdinhos”?

A Avenida 13 de Novembro virou o paraíso do desrespeito à lei e da bagunça generalizada, que afronta os cidadãos, sejam eles moradores de Cabo Frio ou turistas. Da Rua Raul Veiga até a Praia do Forte a situação está cada vez mais complicada, sem que a prefeitura tenha qualquer controle. Para que servem os “verdinhos”?

O ônibus da bajulação!

ONIBUS

A secretaria de cultura não precisa agradecer publicamente o “presente” do prefeito de Cabo Frio, um ônibus. As ações de governo não precisam ser objeto de bajulação explícita, são obrigação do governante. Pega mal para quem puxa-saco, inclusive dentro do próprio governo. Dá uma ideia de grande fragilidade. Só uma pergunta: o ônibus é da prefeitura ou alugado? Se for alugado, a quem pertence?

Concorrência dura?

O deputado Silas Bento (PSDB) continua trabalhando do jeito que pode e sabe a divulgação do seu mandato. O deputado, que era suplente, está preocupado com a possibilidade da concorrência do pastor-empresário da Assembleia de Deus, Samuel Gonçalves.

Tem governo? To dentro!

Em Cabo Frio, a família Bento tem como representante na câmara o vereador Vanderlei, que é teoricamente o líder da oposição. Entretanto, o vereador tem tido muita dificuldade política de se posicionar como tal, em função de todo o histórico político familiar, sempre ligado aos governos municipais.

O termômetro!

http://www.dreamstime.com/stock-photos-sun-creates-high-temperature-thermometer-explodes-hot-rays-cause-such-image57790743

Até mesmo as “paredes murmurantes” do Palácio Tiradentes notaram o grande desconforto do prefeito e de sua assessoria mais próxima com as vaias recebidas durante o show gospel. O prefeito que sempre transitou com incrível facilidade nesse setor da opinião pública, pode então ter um termômetro de sua impopularidade.

Deu com os “burros n’água”.

C

O grupo de Marquinhos Mendes (MDB/PRB) não passou no teste de governar com “cobertor curto”. Na campanha discursava que o problema era de competência para governar e que ia reconstruir a cidade. Muita garganta e acabou dando com os “burros n’água”, repetindo as mesmas bobagens que o seu antecessor.

 

Fonte: Jornal do Totonho

Origem.