Home / Região dos Lagos / Comissão de Segurança discute medidas para evitar aumento da criminalidade em Rio das Ostras

Comissão de Segurança discute medidas para evitar aumento da criminalidade em Rio das Ostras

Reunião
contou com representantes da Prefeitura, Polícia Militar,
 Legislativo e sociedade civil organizada.
Foto: Divulgação
/ Angel Morote / Arte ROJORNAL
Reunião contou com a presença de vereadores e representantes da
Prefeitura, Polícia Militar e sociedade civil
Alternativas para evitar o aumento da criminalidade, melhorar a
sensação de segurança da população e intensificar as ações preventivas foram
debatidas na última semana, na Câmara de Vereadores de Rio das Ostras. Os
resultados obtidos com a rede de vizinhos solidários, desenvolvido no bairro
Marilea, estiveram em destaque durante as discussões. O encontro reuniu os
membros da Comissão de Transportes Públicos, Acessibilidade,
Mobilidade Urbana, Segurança e Ordem Pública, bem como de representantes da
Prefeitura, da Polícia Militar e da sociedade civil organizada. 
“Precisamos agir para que a criminalidade não tome conta de nossa
cidade. Somente com a organização e a colaboração de todos nós poderemos dar as
respostas que a sociedade tanto almeja”, disse um dos membros da Comissão,
vereador Braga. 
O Grupo Marilea Alerta, que tem atuado para evitar a ação de
bandidos por meio de informações repassadas pelos moradores aos órgãos de
segurança, é um exemplo colaborativo que tem dado certo. A intenção dos
representantes é expandir essa iniciativa para todo o município. O grupo conta
com 750 pessoas e existe há um ano e meio. “Estamos criando uma cultura
prevencionista. Por meio de um aplicativo de mensagem instantânea são emitidos
os sistemas de alertas, quando necessário”, conta um dos administradores da
rede, Márcio Tadeu. 
De acordo com o secretário de Segurança Pública, tenente-coronel
Carlos Eduardo Silva, a ação precisa ser difundida, sobretudo, para os bairros
mais distantes, como Mar do Norte, Terra Firme e Enseada. “Tivemos um encontro
bastante produtivo. Com discussões importantes para nossa cidade”,
considera. 
O apoio dado pela Guarda Municipal à Polícia Militar, a
municipalização do trecho da RJ-106 que corta o município, a situação dos
veículos apreendidos em Rio das Ostras e o aumento, no verão, de guardas vidas
estiveram ainda entre os assuntos abordados.

Participaram ainda da reunião, o presidente da Câmara de Vereadores,
Carlos Afonso; os vereadores Vanderlan da Hora, Marciel Nascimento e Paulo
Fernando Carvalho; e o responsável pela 3ª Companhia do 32º Batalhão da Polícia
Militar, Tenente Vander Veiga.

Fonte: Rio das Ostras Jornal

Origem.